Novos Planos - Mudando de Cidade

Novos Planos


Quando as coisas saem do controle, a melhor solução é rever suas metas e traçar novos planos.

Passamos Natal em Réveillon em casa, nosso primeiro final de ano longe de todos!
O réveillon na ilha também é muito animado, com show na noite da virada e queima de fogos na beira da praia. Saímos apenas para ver a queima de fogos rs.

Aproveitamos para refletir sobre como estava sendo nossa trajetória até ali, e percebemos que era hora de traçar novos planos.

Como é morar na ilha

Morar na ilha é um sonho que conseguimos realizar, é acordar todos os dias no paraíso e ter a natureza pertinho de você, é, sem dúvida, ter qualidade de vida!
Mas para quem precisa trabalhar em outra cidade, fazer travessias diárias de lancha (o caso do Marcos) e enfrentar as dificuldades que esse transporte tem (mau tempo, maré baixa e fortes ventos, fazem com que a lancha pare de operar antes do horário ou nem opere) pode se tornar um pesadelo!

A travessia para Salvador, em dias comuns, é tranquila. Mas nos feriados prolongados e final de ano a ilha é o lugar preferido dos soteropolitanos, e isso acaba atrasando a ida e vinda dos moradores locais.
O tráfego de turistas também aumenta bastante no verão, devido algumas empresas de turismo fazerem a travessia para levar seus clientes para Morro de São Paulo.

Mudança de cidade

Após analisar toda a situação, decidimos que a solução era mudar para o outro lado!
Pesquisamos alguns bairros de Salvador, mas não queríamos exatamente Salvador, não queríamos a agitação da cidade grande, queríamos uma cidade mais calma, porém não muito longe dali. E não é que encontramos?

Começamos a pesquisar os bairros de Lauro de Freitas e procurar casas e apartamentos mobiliados (nada fácil de se encontrar nos perímetros urbanos), precisávamos mudar até o dia do vencimento do aluguel de janeiro.

E claro que não seria tão fácil! Faltando uma semana para vencer o aluguel, encontramos um apartamento (ufa!), mas os donos já haviam passado por tantos problemas com inquilinos que fizeram tanta pesquisa sobre nossas vidas que pensamos que iam nos pedir em casamento rsrsrs.

A mudança

Nosso carro estava do outro lado (em Salvador) e não compensava (financeiramente) trazê-lo para a ilha, não caberia todas as nossas coisas para fazer uma única viagem (não sabia que tínhamos tantas coisas até começar a organizar a mudança!). O jeito foi carregar aos poucos na lancha mesmo!

O Marcos fez a travessia quatro vezes (não pode levar muita bagagem na lancha), na última eu fui junto. Mudamos no último minuto, no dia do vencimento do aluguel hahaha.
Com um misto de sentimentos, saíamos da ilha felizes e gratos! Felizes por ter vivido uma experiência tão renovadora e gratos por ter realizado um sonho!

A nova morada

Mudamos para um condomínio de apartamentos a cinco minutos do aeroporto, um bairro chamado Caji, em Lauro de Freitas.
Um condomínio tranquilo, poucos moradores (pelo menos no bloco que morávamos) com uma boa estrutura. O apartamento era bem conservado.

Único problema é que não tinha energia elétrica, pois teríamos que solicitar a ligação em nosso nome. Mas, como tínhamos urgência, mudamos assim mesmo!
A dona pediu a religação e combinamos de mudar a titularidade. Tudo deu certo!
Fizemos um contrato de seis meses, caso não gostássemos do lugar não teríamos problemas em mudar novamente.

E assim começamos a escrever uma nova história!

 

Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts

Pesquisar este blog

Viaje conosco!

Receba as atualizações diretamente no seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Seguidores

Postagens Recentes

Postagens mais visitadas