• Como tudo começou.

    Após três anos de planejamento, chegou a hora de mudar completamente nossas vidas!

  • Nossa lua de mel.

    Uma viagem de lua de mel inesquecível que durou pouco mais de vinte dias.

Praia de Jauá

Praia de Jauá

As melhores piscinas naturais


Morar em Lauro de Freitas nos proporcionou conhecer um pouco mais de Salvador e o litoral norte da Bahia sem ter pressa para voltar pra casa.

Tivemos a oportunidade de conhecer a Praia de Jauá, localizada no município de Camaçari, na Costa dos Coqueiros.

São 2,5 km de extensão de praia, com uma orla urbanizada, muitos bares e restaurantes, além das barracas que servem bebidas e petiscos. 

Praia de Jauá

Com um grande quebra-mar natural por quase todas sua extensão, na maré baixa a praia transforma-se em um grande e extenso lago onde as crianças (e adultos, por que não?) se divertem.

Onde ficar

Jauá está a 18,7 km do aeroporto de Salvador e a 43 km do Centro de Salvador, então, se estiver de carro, sua viagem não demora mais que uma hora. 
Mas, caso queira passar a noite e apreciar a lua cheia, você pode se hospedar em uma pousada da região ou alugar uma casa de temporada, o que é muito comum por lá!

Quando ir

No nordeste faz calor o ano inteiro, mas há o período de chuvas, que começa no mês de maio e vai até o final do mês de julho. Então, se você puder programar sua viagem evitando esse período, com certeza irá aproveitar muito mais.
Na alta temporada, finais de semana e feriados a praia é bem agitada, frequentada por moradores de Salvador e região. 

Que tal incluir mais uma praia paradisíaca em seu roteiro?

Localização.

Share:

Praias de Lauro de Freitas

Praias de Lauro de Freitas - O que fazer em Lauro de Freitas

Sombra e água fresca no paraíso!

Além de lindas, as praias de Lauro de Freitas são de fácil acesso e possuem uma boa estrutura, o que permite seus frequentadores passarem o dia todo.
Em alguns trechos o mar é calmo, com piscinas naturais que atrai banhistas e crianças e são ideais para relaxar. Em outros trechos, um mar com ondas fortes, ideais para surfistas.
São as primeiras praias da Costa dos Coqueiros.

Praia de Ipitanga 

Na divisa com Salvador e perto do aeroporto, a praia de Ipitanga é uma das mais procuradas.

Com uma extensa faixa de areia dourada e um mar de águas cristalinas, formam-se piscinas naturais com a maré baixa, o que deixa a água morna, e grandes ondas na maré alta, propício para a prática do surfe.

Praias de Lauro de Freitas - Praia de Ipitanga
Praia de Ipitanga - Lauro de Freitas BA
Embora tenha uma extensa faixa de areia, a disputa aos finais de semana e alta temporada é grande, portanto, se puder, leve seu quite praia (cadeiras, guarda-sol e cooler).
Há barracas que servem petiscos e bebidas e também alugam cadeiras, mas em dias de muita procura, se você não for cedo, corre o risco de não achar.

No início da tarde é possível aproveitar a sombra dos coqueiros que compõem a paisagem.

Pôr do sol na praia de Ipitanga
Pôr do sol Praia de Ipitanga

Praia Vilas do Atlântico

Conhecida como buraco da velha por suas piscinas naturais, é uma praia rodeada de belas casas e condomínios.
Uma praia tranquila, com mar de águas cristalinas e poucas ondas é excelente para passar o dia com a família. Há barracas e quiosques que atendem os frequentadores até o fim do dia.

Na maré baixa os banhistas aproveitam as piscinas naturais de águas mornas, já na maré alta é a vez dos surfistas aproveitarem!

Praia Vilas do Atlântico - Lauro de Freitas


Praia Busca Vida

Com aproximadamente 9 km de extensão, um mar com muitas ondas e uma grande faixa de areia, a Praia de Busca Vida é uma das mais procuradas por surfistas.
Para ter acesso é preciso passar por uma portaria de condomínios e se identificar, sendo controlado o número de carros.
Há algumas barracas que servem petiscos e bebidas.

Praia Buraquinho

Uma praia que agrada a todos, a Praia de Buraquinho é muito frequentada por turistas e moradores de toda Salvador.
Com um mar pouco agitado, que na maré baixa formam piscinas naturais e a água fica morna, areia clara e muitos coqueiros, a praia conta com muitas barracas, que ficam cheias aos finais de semana e alta temporada.
O encontro do mar com o Rio Joanes é o grande atrativo dessa praia, onde banhistas se refrescam em águas mais calmas com temperaturas amenas.

Praia de Buraquinho




 E agora que mostramos um pouquinho das praias de Lauro de Freitas, conta pra gente aqui nos comentários: você vai colocar uma delas no roteiro, não vai?
Share:

Lauro de Freitas

Lauro de Freitas

O portão de entrada do Litoral Norte da Bahia

Lauro de Freitas é um município da região metropolitana de Salvador, situado no litoral norte da Bahia.
Conheça a história do município aqui.

Apesar de ainda ter muitos bairros em desenvolvimento, o município conta com muitos comércios e indústrias.

Sendo passagem obrigatória para o Litoral Norte da Bahia (Costa dos Coqueiros) e Sergipe, Lauro também tem suas praias paradisíacas.


Praias de Lauro de Freitas

As quatro praias de Lauro de Freitas são muito frequentadas aos finais de semana, tanto por moradores da região quanto por quem mora em Salvador, além dos turistas.
Contudo, durante o verão não há dia tranquilo nessas praias.

Todas as praias possuem estrutura para atender ao público, com barracas que servem desde um petisco até uma refeição completa. Há também os ambulantes que vendem queijo coalho, sorvete, tem de tudo!
Na baixa temporada muitas barracas atendem apenas aos finais de semana.

Confira aqui as quatro praias de Lauro de Freitas e  faça o seu roteiro.

Leia também:
*Roteiros Salvador



  
Share:

Novos Planos - Mudando de Cidade

Novos Planos


Quando as coisas saem do controle, a melhor solução é rever suas metas e traçar novos planos.

Passamos Natal em Réveillon em casa, nosso primeiro final de ano longe de todos!
O réveillon na ilha também é muito animado, com show na noite da virada e queima de fogos na beira da praia. Saímos apenas para ver a queima de fogos rs.

Aproveitamos para refletir sobre como estava sendo nossa trajetória até ali, e percebemos que era hora de traçar novos planos.

Como é morar na ilha

Morar na ilha é um sonho que conseguimos realizar, é acordar todos os dias no paraíso e ter a natureza pertinho de você, é, sem dúvida, ter qualidade de vida!
Mas para quem precisa trabalhar em outra cidade, fazer travessias diárias de lancha (o caso do Marcos) e enfrentar as dificuldades que esse transporte tem (mau tempo, maré baixa e fortes ventos, fazem com que a lancha pare de operar antes do horário ou nem opere) pode se tornar um pesadelo!

A travessia para Salvador, em dias comuns, é tranquila. Mas nos feriados prolongados e final de ano a ilha é o lugar preferido dos soteropolitanos, e isso acaba atrasando a ida e vinda dos moradores locais.
O tráfego de turistas também aumenta bastante no verão, devido algumas empresas de turismo fazerem a travessia para levar seus clientes para Morro de São Paulo.

Mudança de cidade

Após analisar toda a situação, decidimos que a solução era mudar para o outro lado!
Pesquisamos alguns bairros de Salvador, mas não queríamos exatamente Salvador, não queríamos a agitação da cidade grande, queríamos uma cidade mais calma, porém não muito longe dali. E não é que encontramos?

Começamos a pesquisar os bairros de Lauro de Freitas e procurar casas e apartamentos mobiliados (nada fácil de se encontrar nos perímetros urbanos), precisávamos mudar até o dia do vencimento do aluguel de janeiro.

E claro que não seria tão fácil! Faltando uma semana para vencer o aluguel, encontramos um apartamento (ufa!), mas os donos já haviam passado por tantos problemas com inquilinos que fizeram tanta pesquisa sobre nossas vidas que pensamos que iam nos pedir em casamento rsrsrs.

A mudança

Nosso carro estava do outro lado (em Salvador) e não compensava (financeiramente) trazê-lo para a ilha, não caberia todas as nossas coisas para fazer uma única viagem (não sabia que tínhamos tantas coisas até começar a organizar a mudança!). O jeito foi carregar aos poucos na lancha mesmo!

O Marcos fez a travessia quatro vezes (não pode levar muita bagagem na lancha), na última eu fui junto. Mudamos no último minuto, no dia do vencimento do aluguel hahaha.
Com um misto de sentimentos, saíamos da ilha felizes e gratos! Felizes por ter vivido uma experiência tão renovadora e gratos por ter realizado um sonho!

Share:

Réveillon em Salvador

Réveillon em Salvador

O que fazer na virada do ano em Salvador.

Uma das cidades mais procuradas para passar o réveillon, seja em uma festa recheada de atrações em um ambiente fechado, seja curtindo shows com pé na areia ou pulando as sete ondas, a virada do ano em Salvador é o destino de muitos viajantes.

E se você pensa que a festa acontece apenas no último dia do ano, está muito enganado!
Os shows começam muito antes da virada do ano, com atrações para todos os estilos e gostos musicais.
São quatro dias de festa em vários bairros da cidade!

O palco principal é na Arena Daniela Mercury, na orla do bairro Boca do Rio, que recebe milhares de pessoas durante todo o evento. 
E é lá que acontece a maior queima de fogos de Salvador!

Leia também: Natal em Salvador

Réveillon nas praias de Salvador

Algumas praias de Salvador também são preparadas para receber os turistas na virada do ano com show de fogos de artifícios, como Itapuã, Rio Vermelho e a Barra.
As praias ficam cheias, muitos turistas e soteropolitanos com seus coolers amanhecem na areia.

Réveillon nos hotéis e restaurantes 

Muitos hotéis e restaurantes à beira mar preparam uma ceia especial para atrair o público, incluindo shows com bandas, artistas famosos ou DJ. Tem pra todos os estilos, gostos e bolsos.

E por ter grande procura, o ideal é pesquisar com antecedência e garantir sua reserva!
  
Como ainda morávamos na ilha, não havia a possibilidade de conferir os shows, pois teríamos problemas com transporte para o retorno.

A programação é divulgada no site da prefeitura da cidade!

Localização do bairro

Share:

Natal Salvador

Natal em Salvador

Salvador iluminada!


Com diversão para toda a família, as principais praças da cidade, como Largo do Campo Grande, Centro Histórico, Praça da Sé, Praça Tomé de Souza, e até mesmo o Farol da Barra são enfeitados nesta época do ano.

No Farol da Barra também há apresentações de concertos natalinos.  

Claro que não poderíamos deixar de apreciar a decoração de Natal  (particularmente eu  amo todas essas luzes!), e escolhemos a Praça Dois de Julho (Largo Campo Grande).
Me senti criança diante de tantas luzes rs.

Com muitos enfeites natalinos (bem grandes), um trenzinho para as crianças se divertirem, um túnel com luzes que acendiam conforme a batida da música e um palco para shows, as noites do mês de dezembro foram bem agitadas.
Durante quase todo o mês houve eventos musicais e teatrais gratuitos por toda a cidade.

Com relação à segurança, na noite em que fomos haviam muitos policiais nas proximidades e não presenciamos nenhum ato de violência. Super tranquilo para levar as crianças.
Infelizmente perdemos as fotos :-( e o único vídeo que temos não ficou com a qualidade muito boa, mas dá pra ter uma ideia da grandiosidade do evento proporcionado aos soteropolitanos.





Para saber da programação e os demais eventos realizados na cidade, acesse o site da prefeitura de Salvador que você encontrará tudo o que precisa saber para curtir o máximo a cidade!

O que fazer na noite de Natal

Se você não tem parentes na cidade e tem dúvidas de onde comemorar a noite de Natal, fique tranquilo que opções não faltam!

A maioria dos hotéis promovem ceias especiais para os hóspedes que preferem uma comemoração com mais tranquilidade cobrando um valor adicional (por pessoa).
*Confira junto ao hotel antes de realizar a reserva. 

E para quem procura uma noite natalina mais agitada, vale a pena conferir a programação das casas noturnas, que promovem eventos especiais para todo tipo de público.

Então, se está pensando em fazer uma viagem a Salvador nesta época do ano, verifique a programação no site da prefeitura da cidade e aproveite as atrações!

Vai passar o réveillon em Salvador? 
Veja nossas dicas aqui.
Share:

Roteiros - O que fazer em Salvador

Roteiros - O que fazer em Salvador


Roteiros de 1, 3 e 5 dias para aproveitar melhor a viagem.

Para conhecer um pouco de Salvador, você precisa de, pelo menos, dois dias.
Mas, mesmo para quem está só de passagem, em uma viagem a negócios ou uma parada de cruzeiro, dá para aproveitar um pouco dessa cidade encantadora!
Então, vamos disponibilizar aqui três roteiros para você saber o que fazer em Salvador na sua viagem, seja ela longa ou curta!

Para um roteiro personalizado, entre em contato conosco que, após responder algumas perguntas, elaboramos um especialmente para você, de acordo com seus interesses e necessidades!

Sugestão de Roteiro para 1 dia em Salvador

Um dia dá pra conhecer alguns pontos turísticos, mas tudo vai depender do horário que você poderá iniciar o passeio e do tempo disponível.
O ideal é começar o passeio bem cedo, mas caso não seja possível, elimine algum (s) ponto (s) turístico (s) indicado abaixo:

- Inicie o passeio pelo Mercado Modelo (aproveite para comprar uma lembrança de Salvador)
- Siga até o Elevador Lacerda e suba para o Pelourinho (aprecie a vista do Mirante antes de sair do elevador)
- Caminhe até o Largo do Pelourinho
-  Visite o Museu das Baianas
- Conheça uma das igrejas do Pelourinho
- Há muitos monumentos no caminho até o Largo que contam um pouco da história do local
- Almoce em um restaurante local
Após o almoço volte para o Mercado Modelo e pegue o ônibus turístico Salvador Bus, que vai te levar nos seguintes locais;
- Memorial Irmã Dulce
- Irá passar pela Arena Fonte Nova e Dique do Tororó (não tem parada nesses pontos)
- Farol da Barra, onde você pode conhecer o Museu Náutico e assistir ao pôr do sol dali mesmo.
Se for passar a noite em Salvador, pode curtir uma das atrações do Pelourinho.
*Fique sempre atento ao relógio para não se perder no tempo!
* Cuidado com seus pertences pessoais nas ruas do Pelourinho! 

Sugestão de roteiro para 3 dias em Salvador

Com uma viagem de três dias você consegue conhecer um pouco mais da cidade e ainda curtir uma praia.

- No primeiro dia siga o roteiro de 1 dia
- No segundo dia conheça a Lagoa de Abaeté
- Siga andando para a Praia de Itapuã e visite a praça e a casa de Vinícius de Moraes. Não esqueça de dar uma passada no Farol de Itapuã para registrar umas fotos
- Pegue um transporte e faça um passeio pelo Dique do Tororó 
- Siga para o Rio Vermelho e conheça a Casa do Rio Vermelho, onde morou Jorge Amado
- Escolha um dos maravilhosos restaurantes e almoce por lá
- Após o almoço, siga para a Praia da Boa Viagem e conheça Ponta do Humaitá, o Forte e  a igreja do Mont Serrat e o Farol
- Curta o fim da tarde e aprecie o pôr do sol na Ponta do Humaitá
- No terceiro dia faça o passeio pelas Ilhas de Salvador (você pode comprar um passeio no Terminal Marítimo ou ir por conta própria).
- Curta a noite em um (ou mais) dos bares do Rio Vermelho

Sugestão de roteiro para 5 dias em Salvador

Com cinco dias em Salvador é possível aproveitar mais as praias e visitar os pontos turísticos sem muita pressa, incluindo até alguns museus se for do seu interesse.

- Para os 3 primeiros dias, siga os roteiros acima
- No quarto dia conheça a Praia do Forte e o Projeto Tamar
- No quinto dia curta uma das praias de Lauro de Freitas

*Você pode conhecer todos os pontos turísticos alugando um carro, de transporte público, táxi ou Uber.

Share:

Ilhas de Salvador - O que fazer em Salvador

Ilhas de Salvador

Praias paradisíacas com clima interiorano.

Além das praias e pontos turísticos, Salvador abriga, na Baía de Todos os Santos, três ilhas paradisíacas: Ilha de Itaparica, Ilha dos Frades e Ilha de Maré.

Por serem pouco conhecidas, as duas últimas ilhas são pouco frequentadas (até mesmo pelos soteropolitanos), por isso os poucos quiosques e restaurantes só abrem aos finais de semana.
Com um clima interiorano e praias paradisíacas, vale a pena colocar no roteiro e fazer um bate-volta pra uma delas.

Leia também: Praias de Salvador

Ilha de Itaparica

A Ilha de Itaparica é dividida em dois municípios: Itaparica e Vera Cruz (onde moramos).
Sua costa é cercada por recifes de corais, que se estende de Bom Despacho até Cacha Pregos.

Como Chegar

Partindo de Salvador, há duas opções para chegar à ilha.
Uma delas é ir até o Terminal Hidroviário São Joaquim e a travessia é feita pelo ferry-boat até Bom Despacho, no município de Itaparica.
Essa travessia demora em média uma hora e pode ser realizada de carro.
A outra opção é ir até o Terminal França e fazer a travessia de lancha até Mar Grande, no município de Vera Cruz. Demora em média 50 minutos.

As lanchas sofrem alterações nos horários em caso de mau tempo e/ou maré baixa, então, atente-se a esses fatores. O ideal é perguntar no guichê o horário da última lancha, assim você poderá aproveitar seu passeio com tranquilidade. 
O ferry-boat não tem esse problema, operando até meia-noite.


Como chegar à ilha de carro (por terra)

Se estiver vindo do sul da Bahia ou mesmo estando em Salvador, mas não quer enfrentar a travessia marítima, é possível chegar à ilha por terra.

Você precisará pegar a BR-101, sentido Santo Antônio de Jesus. Quando chegar em Nazaré das Farinhas, pegue a BA-028 e por último a BA-001.

As melhores praias

Com muitas praias belíssimas, é difícil dizer qual é a melhor!
Mas para aproveitar melhor o dia, as melhores opções (na nossa opinião) são: Ponta de Areia (Itaparica), Mar grande e Cacha Pregos (Vera Cruz). As três possuem estrutura para o turismo, com quiosques, restaurantes e pousadas (caso queira passar a noite).

 Se a travessia for realizada através do sistema ferry-boat, basta pegar um transporte no terminal de Bom Despacho até a praia Ponta de Areia, onde também há transporte para Mar Grande e Cacha Pregos.
Caso prefira fazer a travessia de lancha, basta sair do terminal marítimo, em Mar Grande, e seguir pela praça, onde há a igreja, e virar à esquerda. Você chegará na única praia de Mar grande que possui quiosques e a mais segura para turistas.





Ilha dos Frades

Além das belas praias, na Ilha dos Frades você também pode curtir um bom banho de cachoeira.


Como chegar 

No terminal marítimo, próximo ao Mercado Modelo, são oferecidos passeios que tem a Ilha dos Frades como parada.
Mas também é possível ir por conta própria.

Se estiver de carro, pegue a BR-324 até Candeias. Continuando na mesma rodovia, pegue a saída para São Francisco do Conde. Siga a BA-531 e a BA-523 até Madre de Deus.

Se não estiver de carro, basta pegar um ônibus para Madre de Deus, na rodoviária de Salvador.

Chegando em Madre de Deus, pegue um barco no terminal marítimo até a praia de Paramaná, na outra ponta da ilha. Nesta e em outras praias, que também são pontos de paradas, não é cobrada a taxa de preservação.

Fique atento ao horário, pois o último barco volta para Madre de deus as 17 horas.

As melhores praias

A praia mais visitada é a Ponta de Nossa Senhora, onde há a capela de Nossa Senhora de Guadalupe, construída no século XVII, onde as escunas de passeios atracam.
Para entrar na ilha, paga-se uma taxa de preservação (consultar valor no dia).

A praia de Viração também é ponto de parada, porém não é cobrada taxa de preservação.

Em ambas há quiosques para atender os turistas que estão de passagem ou que vão passar o dia na ilha. 

Ilha de Maré

A Ilha de Maré é pouco conhecida e frequentada.
Com poucos restaurantes que funcionam apenas aos finais de semana e sem quiosques nas praias, ainda é uma ilha bem rústica.


As melhores praias

As praias mais famosas da ilha são Praia das Neves, Botelho e Itamoabo. 
Geralmente quem vai pra passar o dia fica na Praia das Neves.

Como chegar

Para chegar à Ilha de Maré, basta pegar um barquinho no Terminal Hidroviário de São Tomé de Paripe. 
Há vários barcos na Praia de São Tomé de Paripe, mas cada um vai para uma praia diferente, fique atento e se informe antes de embarcar.


Passeio às Ilhas

No Terminal Marítimo são vendidos passeios para quem quer conhecer as ilhas da Baía de Todos os Santos.
Entre eles, o passeio das 7 ilhas é o mais completo, porém a única parada para banho é na Ilha dos Frades.

O passeio mais procurado é o tour para Ilha dos Frades e Ilha de Itaparica.

Agora é só você escolher uma das paradisíacas ilhas e colocar no seu roteiro a que mais lhe agradar. Independente da sua escolha, não irá se arrepender!

Share:

Pelourinho - Salvador

Pelourinho

Cultura, arquitetura e diversão num só lugar.

Centro Histórico de Salvador que possui um conjunto arquitetônico colonial barroco preservado e integrante ao Patrimônio Histórico desde 1985, que reúne igrejas construídas nos séculos XVII e XVIII e casarões que abrigam bares, restaurantes, centros culturais, ateliês, lojas, pousadas e museus.


Praça Thomé de Sousa
Saindo do Elevador Lacerda, na Cidade Alta, você se depara com vários monumentos históricos.




Monumento da Cruz Caída - Salvador - BA
O Monumento da Cruz Caída foi construído em 1999 em homenagem à antiga Igreja da Sé, que ficava nesta mesma praça e foi demolida em 1933 para a passagem do bonde.
Com 12 metros de altura, impossível passar despercebido!
Além dessa vista incrível, ao entardecer você pode contemplar um pôr-do-sol magnífico!

No mesmo local há o Memorial das Baianas de Acarajé.



Um espaço dedicado à história e à tradição do ofício das baianas de acarajé. Lá o visitante encontra adereços, artesanatos, instrumentos gastronômicos utilizados por elas, fotos, vídeos, objetos e indumentárias. Uma forma de mostrar para a população como começou e até aonde vai o ofício das baianas de acarajé

As noites do Pelourinho são bem agitadas. O Terreiro de Jesus é o melhor lugar para sentar e curtir.
Nas noites de verão o Olodum faz ensaios no Largo do Pelourinho (informe-se nos centros de atendimento ao turista).

Igrejas no Pelourinho

Visitar o Pelourinho requer uma visita em uma das igrejas construídas ali.
Por fora, parecem apenas mais uma igreja antiga, mas por dentro, são verdadeiras obras primas esculpidas em ouro!
















Quando estivemos lá estavam fechadas, então não conseguimos registrar por dentro. Porém, em outra oportunidade, quando estávamos de passagem (e sem tempo para parar) conseguimos ver o interior e podemos garantir que vale a pena colocar no roteiro!

Curiosidade histórica

O pelourinho era um instrumento de punição usado pelos portugueses em todo o Brasil. Era um poste de madeira ou pedra, com argolas de ferro, erguido em praça pública onde os infratores da lei eram amarrados e chicoteados.

O pelourinho de Salvador foi instalado no século XVI, com a fundação da cidade.


Leia também
* Mercado Modelo e Elevador Lacerda
*Roteiros

Localização.
Share:

Praia de São Tomé de Paripe - Salvador

Praia de São Tomé de Paripe

O mar mais calmo de Salvador

A Praia de São Tomé de Paripe, situada no Subúrbio Ferroviário, é uma das praias mais bonitas da Baía de Todos os Santos.
Com um mar raso e calmo, de águas transparentes e mornas, é ideal para a prática de esportes náuticos e para curtir o dia com toda a família.


Caribe baiano
Praia de São Tomé de Paripe
Nesta praia há ambulantes que disponibilizam de mesas e cadeiras com sombreiro para alugar e vendem bebidas, mas refeições e lanches você encontra somente na orla. lanchonetes.

Quando ir

Por ser uma praia mais distante das praias centrais, a maioria dos frequentadores são moradores locais, sinônimo de praia cheia aos finais de semana e feriados.
Então, se quer passar um dia tranquilo, curtindo a natureza sem agitação, a melhor opção é ir durante a semana.

Por ser uma praia distante, dificilmente se vê turistas por ali, a não ser os que vão fazer a travessia de barco para as ilhas. 

Como Chegar

Se estiver de carro, o caminho mais fácil e rápido é seguindo pela BR-324 e, na sequência pegar a BA-528 (estrada do Derba), sentido a Base Naval.
Mas se quiser ir de transporte público, há várias linhas de ônibus que passam por lá!

Localização

Share:

Arena Fonte Nova e Dique do Tororó

Arena Fonte Nova e Dique do Tororó

Arena Fonte Nova

Beleza arquitetônica e diversão

A Arena Fonte Nova é um estádio reconstruído no mesmo local do antigo Estádio Octávio Mangabeira, em Salvador.
Palco de grandes jogos, shows, eventos e congressos, tem capacidade para 47.907 pessoas em três níveis de arquibancadas com assentos cobertos, camarotes, vista para o estádio e para o Dique do Tororó.

E morar na viagem é aproveitar as oportunidades!

Marcos é apaixonado por futebol (não importa quem está jogando, se ele estiver em casa, ele assiste ao jogo, torce, xinga, vibra com o gol rsrsrs), e o sonho dele é conhecer todos os estádios que puder!

E não é que surgiu a oportunidade de conhecer a Arena Fonte Nova?
Fomos assistir ao clássico BAVI a preço popular (pagamos R$ 10,00 no ingresso!).


Pense num ser humano feliz!? Era ele!

O jogo foi com torcida única (apenas do Bahia) e ele vibrou a cada lance rsrsrs.

Não posso negar, a energia é contagiante! O estádio estava lotado!






Se eu gosto de futebol? Não!
Por que eu fui? Para vê-lo feliz!
Se eu iria novamente? Sim! Minha felicidade é vê-lo feliz!

Se tiver oportunidade, vá, vale a pena e você se diverte! rs



Dique do Tororó

Um dos cartões postais de Salvador

O Dique do Tororó é o único manancial natural de Salvador tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional. 
Popularmente chamado de Dique, possui uma lagoa de 110 mil m³ de água, pistas de corrida, decks de pesca, raias para remo, pedalinhos, restaurantes, anfiteatro, playground e as enormes esculturas que representam os Orixás do Camdomblé, assinadas pelo artista plástico Tati Moreno, que flutuam no espelho d'água da lagoa.


Dique do Tororó - Imagens dos Orixás

Dique do Tororó
O Dique fica próximo ao estádio, então dá para conhecer os dois no mesmo dia e aproveitar a tarde em família ao ar livre.
À noite as luzes da lagoa se acendem, o que deixa a lagoa muito mais bonita.

Dique do Tororó e Arena Fonte Nova
Localização

.
Share:

Farol da Barra e Praia Porto da Barra - Salvador

Farol da Barra e Praia Porto da Barra

O pôr do sol mais lindo de Salvador

Localizado na entrada da Baía de Todos os Santos, é um dos bairros mais antigos de Salvador.
Um dos bairros mais procurados de Salvador, além de shopping, bares, restaurantes e pousadas, a Barra tem um dos cartões postais mais lindos da cidade.

A orla está sempre cheia e movimentada por turistas e moradores. Seja para um simples passeio, a prática de esportes ou para contemplar o pôr do sol.
A Barra também é palco do carnaval de Salvador (circuito Barra-Ondina). E considerado o bairro mais festeiro de Salvador, sendo palco de 35% dos eventos que ocorrem mensalmente na cidade.

Praia do Porto da Barra - Salvador

Farol da Barra 

O Farol da Barra, ou Forte de Santo Antônio da Barra, um dos mais conhecidos cartão postal da Bahia, foi construído no século XVII, após o naufrágio do Galeão Santíssimo Sacramento, a fim de orientar os navegantes.  
E se quiser aprender um pouco mais da história do Brasil, vale a pena conhecer o Museu Náutico, instalado dentro do Farol da Barra.
No museu há um enorme acervo de achados arqueológicos submarinos, instrumentos de navegação, miniaturas de embarcações, e muito mais. (Verifique horário de funcionamento e valores diretamente no local).



Farol da Barra - Salvador

O farol também é palco para o maior espetáculo da natureza: o pôr do sol!
As pessoas procuram um lugarzinho para sentar e apreciar, com direito a aplausos.


Pôr do sol visto do Farol da Barra
Pôr do sol na Barra

Praias da Barra

As praias mais próximas do centro de Salvador são as praias localizadas na Barra, Porto da Barra, Farol da Barra e Barravento.
As mais procuradas e, consequentemente, mais cheias são a Praia do Porto da Barra e a Praia do Farol da Barra. Essas duas são excelentes para passar o dia com a família!

Com águas limpas e poucas ondas, ambas são ótimas para a prática de esportes náuticos e um refrescante banho.
É muito comum encontrar os soteropolitanos praticando esportes, tanto na orla como nas faixas de areia, inclusive à noite, pois a iluminação da orla clareia a faixa de areia.
Há uma vasta faixa de areia, então não se arrisque próximo ao farol, onde há muitas pedras!

A Praia Barravento é a mais perigosa para banhistas devido às fortes ondas, e a mais procurada por surfistas (os surfistas iniciantes/amadores devem ficar longe dessa praia!).
Praia do Farol da Barra
Praia Farol da Barra
Independente de estar na orla, na faixa de areia ou atrás do farol, assistir o pôr do sol é maravilhoso!

*Dica 1: Caso esteja de carro, preste atenção nos locais permitidos para trafegar e estacionar.
*Dica 2: Praticamente em todas as ruas do bairro (próximas da orla) é obrigatório zona azul. Você pode baixar o aplicativo e pagar com cartão ou comprar de um dos vendedores locais (até março deste ano eles ainda estavam autorizados a vender), mas exija o cartão e coloque no pára-brisa do veículo, pois há muitos que dizem não ter necessidade e quando você retorna ele já nem está mais no local. Aí você já sabe, né?! O risco de ser multado é enorme!

Localização

Share:

Popular Posts

Pesquisar este blog

Viaje conosco!

Receba as atualizações diretamente no seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Seguidores

Postagens Recentes

Postagens mais visitadas